Emenda do deputado delegado Olim insere ASPs em projeto que cria isenção de tarifa nos transportes públicos de SP

Carlos Vítolo

Jornalista/Assessor de Imprensa em AASPESP
® © (Direitos reservados. A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura do jornalista/assessor e da AASPESP, mediante penas da lei.)
Carlos Vítolo

Uma emenda do deputado estadual delegado Olim, insere os agentes de segurança penitenciária (ASP), no Projeto de lei 756/17, que concede aos policiais militares, fardados ou em trajes civis, a isenção de tarifa nos transportes públicos operados pela Companhia do Metropolitano de São Paulo (METRÔ) e Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), nas Regiões Metropolitanas do Estado.

De acordo com o parágrafo único da emenda, para ter acesso à isenção, os policiais ou agentes penitenciários deverão apresentar documento de identidade ao funcionário da bilheteria, que lhe fornecerá a passagem ou a autorização para o embarque. Confira abaixo a emenda.

Categorias